Arqueologia e patrimônio em sala de aula

O Projeto apresenta atividades realizadas por professores e estagiários do PIBID-História com alunos do 6º ano.

O  projeto foi realizado como parte do PIBID – História (USP), coordenado pela Profa. Dra. Dislane Zerbinatti Moraes, na EMEF. Prof. João Carlos da Silva Borges, especificamente com os 6ºs anos A e B, turmas compostas por 18 alunos. Objetivou-se apresentar e levar os alunos a explorar as principais características da Arqueologia. Para tanto, produziu-se um diálogo entre os bolsistas do PIBID – licenciandos em História pela USP – e as atividades realizadas pelos professores das turmas mencionadas acima, Gonçalo de Andrés Fernandez e Carolina Ribeiro. De modo a desenvolver o projeto, foram realizadas as seguintes atividades: visita aos Museus, MAC e MAE, oficina de cerâmica e atividades interativas com os kits educativos do MAE. Assim, os alunos passaram por momentos de visita aos museus que permitiram entrar em contato com objetos arqueológicos e problematização dos mesmos; o trabalho com os kits educativos do museu foram situações de exploração da cerâmica e seus usos ao longo tempo, o que culminou com uma oficina de produção de cerâmica, a qual resultou na última etapa do projeto, a escavação dos materiais no jardim da escola. Assim, o texto apresenta importantes sugestões de maneiras de trabalho com os alunos acerca de um tema nem sempre explorado nas escolas e que se mostrou significativa maneira de aproximação entre os alunos e o conhecimento histórico bem como permitiu a eles produzirem novas significações ao espaço escolar.

Arqueologia patrimônio em sala de aula

O ano em que meus pais saíram de férias

Apresenta o filme brasileiro de Cao Hamburguer e as temáticas possíveis a se explorar quanto alguns eventos da história recente do país, como o golpe de 1964 e suas implicações, e conceitos históricos – como o tempo.